aldeia

Quem somos | Contacto | Colaboração | Novidades por e-mail

 

Eutanásia

 

 «Caímos tão fundo que atrever-se a proclamar aquilo que é óbvio se transformou em dever de todo o ser inteligente». (Georges Orwell)

 

 

Últimos textos

»»

O fim do Direito

»»

Precedentes da eutanásia

»»

Nazismo e eutanásia

»»

Eutanásia e aborto

»»

Espécies de eutanásia

 

Esta página tem um novo endereço. Será encaminhado para lá dentro de alguns segundos, mas pode carregar já aqui.

velhice

 

 

Sempre houve doentes e anciãos, mas antigamente eram considerados um tesouro. Agora não passam de um estorvo... E é só por isso que hoje se fala em eutanásia, quando no passado havia apenas o suicídio: o suicídio é uma decisão pessoal; a eutanásia acabará por ser uma imposição da sociedade.

Há em muitas cabeças uma noção da vida que é chocantemente pobre, desagradavelmente rasteira, tristemente vazia. Consiste em olhar para a vida de uma forma utilitária, com base numa concepção egoísta e em critérios apenas económicos: se uma vida não é útil - se não é produtiva, se não proporciona todo o prazer - então não tem razão de ser. Pode eliminar-se, como se elimina um automóvel velho ou sem conserto, um par de sapatos rotos, uma camisola demasiadas vezes remendada.

 educação | família | professor | aborto | liderança | vida | pensamentos | belos textos